31/07/10

DESCANSA EM PAZ

CONVERSA DA TRETA - sempre fui fã dos trabalhos do António Feio e do José Pedro Gomes, com os quais sempre ri às gargalhadas com os diversos sketch e filme da treta.
Foi assim que o vi, no palco do "Teatro Vilarett", sentado, à treta com o seu grande amigo e colega. Todo o tipo de assuntos da actualidade eles abordavam, fosse futebol, política, etc.


Em comum tinhamos o facto de, também eu ter nascido em Moçambique, apenas 4 meses depois do António Feio; e, hoje, no dia em que foi cremado (dizia numa peça com o JPG que ia ser "cromado"...) fez-me recordar que há 16 meses atrás também fui ao Cemitério dos Olivais, despedir-me da minha sobrinha Tânia, que foi cremada a seu pedido.

Deixo aqui a sua "mensagem": "Aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem e agradeçam cada momento. Não deixem nada por dizer, nem nada por fazer."
DESCANSA EM PAZ.
(imagem retirada da net)

10 comentários:

tulipa disse...

ANTÓNIO - Muito mais tinhas e querias dar, mostrar, mas a vida não deixou…enfrentaste a doença com humor, como se a doença não existisse dentro de ti.
Acreditavas que ias vencer.
A tua coragem e fé também "quase" me fizeram acreditar que ias conseguir...
É muito triste quando a doença vence... principalmente em alguém tão novo e cheio de vida.
Tal como dizias na entrevista com o "Daniel": Deus parece que anda distraído!!! Concordo contigo.
DESCANSA EM PAZ

Luís Coelho disse...

António Feio desapareceu mas a sua mensagem não e irá ser a sua marca nos próximos tempos.
= Viver a vida " ajudem-se uns aos outros e agradeçam cada momento"

tulipa disse...

Acabei de saber que tenho o mesmo nome que a Mãe do António Feio - coincidências!!!
Garanto que é um nome pouco usual.

Valéria Gomes disse...

Que o António Feio Lindo brilhe no céu, que enfeita as nossas noites!!!

Beijos domingueiros!!!

Baby disse...

"Aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem e agradeçam cada momento. Não deixem nada por dizer, nem nada por fazer."

AMEM!

Desansa em paz, António e nunca percas o teu sentido de humor.

Um beijo para ti, amiga Tulipa.

Baby disse...

"Aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem e agradeçam cada momento. Não deixem nada por dizer, nem nada por fazer."

AMEM!

Desansa em paz, António e nunca percas o teu sentido de humor.

Um beijo para ti, amiga Tulipa.

Zé Povinho disse...

Um actor e encenador que soube explorar o espírito da revista e da crítica social, sem deixar de ser ao mesmo tempo um homem do teatro e um ser humano respeitável.
També eu nasci em Moçambique, apenas um pouco antes do actor e da autora deste blogue.
Abraço do Zé

gaivota disse...

descansa em paz, antónio, depois de tanto sofrimento, porque o cancri continua a ser terrivelmente doloroso...
não deixem nada por fazer, nem por dizer!
beijinhos

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Como vais? Quando pensas fazer o teu intervalo?
Só homens com uma alma grande como o nosso conterrâneo, deixariam, num momento quase no fim da linha... uma frase da sua dimensão: Inesquecível!
Olha o teu comentário sobre o post Cinéfila fêz-me mudar a estrutura toda...até porque tinhas razão! Gosto de oalpites com lógica... Se puderes, dá lá um saltinho e dá-me a tua opinião.
Beijocas
Graça

Ana disse...

Uma homenagem que o António Feio merece, não só pela qualidade de todos os seus trabalhos , mas também pela coragem com que lutou contra o cancro!
A "mensagem" que ele nos deixou, e que aqui reproduzes, é uma lição de vida!

Um beijo, amiga *