28/12/10

RETROSPECTIVA MARÇO 2010




Em MARÇO comemora-se o DIA MUNDIAL DA POESIA - 21 DE MARÇO

Aconteceu que, nas promessas para inovações nos meus blogues, em 2010 ia criar um tema: UM POEMA / UMA FOTO / POR SEMANA - tinha a finalidade de associar uma das minhas centenas de fotos a algum poema que eu achasse apropriado, e por semana faria um post. Confesso que não segui à risca esta minha promessa. Hoje trago-vos um poema de Cora Coralina associado a uma foto minha. Espero que gostem.

Das Pedras

Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.

Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.

Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.

Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Cora Coralina

Também em MARÇO aconteceu o projecto "LIMPAR PORTUGAL". Fui convidada a participar fotografando um grupo de voluntários do Montijo. Na 1ª imagem é isso que se vê: a colaboração de todos na limpeza de alguns espaços.
No grupo que acompanhei havia cidadãos de várias faixas etárias e de diferentes raças, armados de luvas, ancinhos, pás, boa vontade e sacos cheios de lixo para contribuir dando uma parte do seu dia de descanso, tal como eu também fiz, (e se gosto de dormir mais umas horinhas ao sábado…) mas, tem que começar por alguém e dando o exemplo aos que… nada fazem pelo futuro do ambiente…
Quem diz: “O civismo e as autoridades que cuidem do futuro” são pessoas que, sinto-lhes na voz uma pitada de culpa, pois gostam de também vazar lixo onde não devem…são pobres de espírito.
"As pessoas acham que, se pagam impostos, alguém há-de limpar, mas o civismo não vai lá com impostos"…
Tenho nos meus princípios a bela experiência de ter sido escuteira e, embora a saúde já não me ajude como nos tempos da minha mocidade, contribui de outra forma, mas estive “no terreno”.
Luís Filipe Borges, humorista; O programa 5 para a Meia-noite, onde Luís Filipe Borges participa, também aderiu. Ele diz que vai andar a recolher o lixo na zona de Lisboa. "Nem que seja um bocadinho, vou contribuir", assegura. "Uma das melhores coisas da nossa geração é uma consciência ambiental mais forte", diz, defendendo que "algo tem que ser feito" pelo ambiente e os mais jovens sabem isso. (notícia do Público)
Tão bonitinho...tanta gente a limpar o lixo que meia dúzia faz!
Depois vêm com lições de moral para mim quando digo que viajo para fora do país, dizem-me sempre: primeiro deves conhecer o “nosso Portugal”, depois vai para fora…Pois é!!! Essas são as pessoas que gostam de viver como a avestruz, de cabeça escondida para não enfrentar o resto.
Mas o Mundo, lá fora de Portugal, tem-me mostrado como outros povos sabem respeitar o próximo, sabem viver em sociedade, sabem conservar os lugares onde vivem e seus arredores. Tenho aprendido bastante lá fora com os exemplos dos meus amigos, na Finlândia, p.e.
Fico triste só de pensar que corro o risco de pertencer a um povo que não consegue aprender o mais básico...Ser limpo e arrumado!
Como pode um país crescer com esta mentalidade...estar sempre à espera que alguém nos diga o que fazer. Foi de louvar a atitude desta campanha!

Também em Março, fez 1 ano que a minha sobrinha partiu - momento muito triste!

7 comentários:

Catarina disse...

Compreendi, perfeitamente, o que escreveste e o que sentes. O poder da iniciativa pode-nos levar tão longe como comunidade. Abraço.

Nilson Barcelli disse...

A ideia de uma foto / um poema é interessante.
Para a tua pedra, escolheste um magnífico poema.
O projecto "Limpar Portugal" foi interessante, principalmente pela mensagem que ficou.
Querida amiga, espero que o teu Natal tenha sido bom. E que tenhas um excelente 2011.
Beijos.

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Passei p'ra te desejar um BOM-ANO...

Então brindemos...
TXIM-TXIM ► Esta é a minha oferta!!

Bjo...!

Zé Povinho disse...

Gostei do poema associado à foto.
A consciência cívica, e portanto também ambiental, é a nossa maior lacuna. Os mais jovens até podem estar mais conscientes mas o exemplo da maioria dos adultos é muito mau. Convenhamos que o espírito de competição selvagem que vai sendo inculcado, não ajuda nada, fomentando apenas um individualismo egoista.
Abraço do Zé

José María Souza Costa disse...

Um post belissimo em um blogue AVASSALADOR. As pedras são mesmo para serem juntadas, acolhidas e erguermos as nossas escadarias, na vida que são imensas, com degraus interminavéis.
Tenha um 2011 de felicidades 1000 e fique com DEUS

Pena disse...

Estimada Amiga:
"...Também em MARÇO aconteceu o projecto "LIMPAR PORTUGAL". Fui convidada a participar fotografando um grupo de voluntários do Montijo. Na 1ª imagem é isso que se vê: a colaboração de todos na limpeza de alguns espaços.
No grupo que acompanhei havia cidadãos de várias faixas etárias e de diferentes raças, armados de luvas, ancinhos, pás, boa vontade e sacos cheios de lixo para contribuir dando uma parte do seu dia de descanso, tal como eu também fiz, (e se gosto de dormir mais umas horinhas ao sábado…) mas, tem que começar por alguém e dando o exemplo aos que… nada fazem pelo futuro do ambiente…"

Bela e excelente atitude. De continuar pelo ano novo fora.
O poema também é lindo.
Desejo-lhe um excelente 2011 para si e para toda a sua família.
Bem-Haja, pela amabilidade no meu blogue.
Abraço amigo de respeito e parabéns pela pessoa extraordinária que é.
Sempre a admirar o que concebe.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua simpatia no meu blogue.

Um Poema disse...

....

Amiga,

Esta é uma excelente forma de lembrar o quanto a poesia deveria ser importante nas nossas vidas. A escolha deste poema de Cora Coralina, é, sem dúvida, uma bela opção para complementar a ilustração deste seu balanço.

Um Feliz Ano de 2011.