14/08/11

EU SONHO COM O MAR OU O RIO...




Eu sonho com o mar ou o rio
E em versos vou me desnudando
procuro, vejo e sorrio.

Desci ao rio pensando nisto,
atravessei a aldeia, vi o rio
brilhava à minha frente,
pelos raios quentes de Sol.

Pelas 14 horas
Louca de calor
Via-os felizes por se banharem
Nem que fosse apenas os pés.

Naquela alma de criança
A alegria transbordava
corria à minha frente,
chegou ao rio e rejubilou.

Captei-o com a minha objectiva.

Vejo simplicidade em tudo
Esta criança brincando na água
E caminho por entre pedras.

Hoje roubei todos os gestos
Desta criança
e cheguei ao pé de ti
de mãos vazias.

Ficaram na minha memória ocular
Registei-os na minha alma
Pela vida fora, levo gestos e sonhos.

Apresso-me a correr
junto com o vento
Vejo cores e sinto
os sorrisos como luzes
A criança que fui,
abraça o adulto que sou.



11 comentários:

Catarina disse...

Que bonito, tulipa!
: )

Luís Coelho disse...

Todas as pessoas de boa alma se encantam ao olharem uma criança.
Sem querer abrimos as mãos que enchemos de areia. Levamos à cara limpamos ao cabelo.

A nossa ligação é biológica. Deus pode não nos dar filhos, mas dá-nos um coração que os ama como se todas as crianças fossem nossos filhos.

O poema deixa-nos sonhar com as fotos que são muito expressivas.
Beijinhos cá de casa.

Zé Povinho disse...

As mãos que não seguram a areia nem agarram a água mas que encontram o prazer no toque. Quantas vezes brinquei com a areia junto à água, dando assa à fantasia de criança...
Abraço do Zé

looking4good disse...

A imagem (o rio, a criança a brincar) já é pura poesia. Somaram-se as palavras... Inefável. Um bom feriado com muitos sorrisos, flores e poesia :)

Lilá(s) disse...

Olá tulipa
Não lhe conhecia os dotes poéticos e adorei! As imagens estão um encanto trasmitem frescura e ternura.
Adorei o post
Beijinhos

Vieira Calado disse...

muitas das nossas recordações de criança,

passam pelo mar...

para quem viu o mar, em criança, claro!


Bjsss

OUTONO disse...

...de uma simplicidade tão bela...comovi-me!

Ana disse...

Gostei das palavras e das imagens ! Parabéns, amiga !

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente post....
Cumprimentos

Sofá Amarelo disse...

Nada melhor que correr com o vento, sentindo as brisas do tempo no rosto e nas mãos que guardam as memórias...

Manuel Luis disse...

São coisas que nos poem os cinco sentidos em funcionamento.
Uma útil agenda.
Beijo