07/02/09

Aniversário da minha Mãe

Mãe
Hoje farias 88 anos, se fosses viva!!!
Estive todo o dia contigo no pensamento e no meu coração.
Sabes, Mãe, estamos todos muito tristes
porque a "nossa menina" está mal.
Contudo a Esperança e a Fé em dias melhores
continua cá dentro dos nossos corações.
Ofereço-te como prenda de anos
um poema dedicado à Mãe,
de Eugénio de Andrade:
No mais fundo de ti,
eu sei que traí, mãe!
Tudo porque já não sou
o retrato adormecido
no fundo dos teus olhos!
Tudo porque tu ignoras
que há leitos onde o frio não se demora
e noites rumorosas de águas matinais!
Por isso, às vezes, as palavras que te digo
são duras, mãe,
e o nosso amor é infeliz.
Tudo porque perdi as rosas brancas
que apertava junto ao coração
no retrato da moldura!
Se soubesses como ainda amo as rosas,
talvez não enchesses as horas de pesadelos…
Mas tu esqueceste muita coisa!
Esqueceste que as minhas pernas cresceram,
que todo o meu corpo cresceu,
e até o meu coração ficou enorme, mãe!
Olha - queres ouvir-me? -,
às vezes ainda sou o menino
que adormeceu nos teus olhos;
ainda aperto contra o coração rosas tão brancas
como as que tens na moldura;
ainda oiço a tua voz:
“Era uma vez uma princesa
no meio de um laranjal…”
Mas - tu sabes! - a noite é enorme
e todo o meu corpo cresceu…
Eu saí da moldura,
dei às aves os meus olhos a beber.
Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo-te as rosas…

Mãe, cuida da "nossa menina", por favor!!!
Hoje, durante o dia estas 2 velas estiveram acesas, uma pela alma da minha Mãe e outra pelo coração da "minha menina". Avó e neta nas minhas orações.

18 comentários:

peciscas disse...

Retiro-me silencioso e emocionado e deixo-te um beijo com todo o carinho.

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço e saio em devagarinho, com uma oração nos lábios, pela Tânia.

Paula Raposo disse...

Excelente escolha de Eugénio de Andrade. Um beijo para a tua Mãe, porque seja lá onde esteja ela o receberá e outro para a 'nossa' menina. Sem mais palavras. Beijos.

Rosa dos Ventos disse...

Finalmente voltei a ter notícias da nossa Pikena, todos os dias as procuro, mas nem o Just Things, nem tu têm tido coragem de avançar informações.
Pela tua mãe um abraço solidário, eu também perdi a minha poucos meses antes da partida do meu filho!
Já não sabia quem devia chorar, se quem partia, se quem estava para partir!

Rosa dos Ventos disse...

Cara Tulipa
Sei que és tia da Tânia e o comentário foi apenas para dizer que estou em ligação espiritual, quanto ao Just Things ainda houve notícias por parte do namorado da nossa Pikena, depois da operação.
Se soube notícias foi exactamente pela via que informas...

Abraço

rosa dourada/ondina azul disse...

Bonito Poema, um pouco triste, mas é assim, a distância custa...

Beijinho p ti, e desejo
as melhoras da Tânia,

Muita coragem para todos,

Filoxera disse...

Um abraço apertado. Sei o que dói...
Beijinhos.

GarçaReal disse...

Deixo-te uma palavra de carinho e apoio.

Bjgrande do Lago

gaivota disse...

minha querida, senti este teu testo mesmo aqui dentro de mim! a minha mãe também teria 88 anos, e falo-lhe tanto assim, como tu, nestes mesmos modos...
para a tua tânia desejo-lhe o que do melhor s epode desejar a um filho!
que Deus vos ilumine
beijinhos

Mário Margaride disse...

Uma bonita homenagem minha amiga. Palavras tocantes, que demonstram a tua enorme sensibilidade.

Um beijinho grande, e uma semana recheada de coisas boas.

Mário

ShiningMoon disse...

Olá Amiga!
Desculpa a minha ausência.
Tenho andado mesmo muito atarefada por aqui.
Hoje tinha de vir "espreitar".
Quero saber de tudo: da Tânia, da tua exposição e do que tens feito.
Bjitos.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Deixo aqui uma pérola incandescente especial para que os anjos entreguem a vossa mãe.
E entrego a ti um punhado de pérolas incandescentes de força e boas energias.

Com carinho amigo,

Eärwen

Ailime disse...

Amiga,
Linda e sentida homenagem a sua mãe.
Fiquei muito sensibilizada e sem palavras.
Que ela junto do Pai vele pela vossa, nossa Tânia e que o Senhor lhe conceda rápidas melhoras.
Um beijo fraterno.

poetaeusou . . . disse...

*
a tua mãe
vela por vós,
eu acredito,
,
conchinhas do céu, deixo
,
*

Pena disse...

Para quê palavras...?
Linda Amiga:
A poesia ao mais alto nível de afirmação fabulosa.
Sublime poetisar.

Beijinhos de cordial admiração.
Sempre a admirar o talento e brilhantismo que sai de si.
Tão significativo e puro. Belo.

pena

OBRIGADO pela sua amizade. Agradeço. É divina.

Zé Povinho disse...

Passei e li, compreendendo a saudade aqui tão bem expressa e a dor e esperança que sente.
Abraço sentido do Zé

Baby disse...

Lindo post, linda homenagem à tua mãe, que estou certa zela por ti e pela tua sobrinha, junto de Jesus.
Aorei o poema de Eugénio de Andrade, cuja sensibilidade é tão grande como o seu talento.

Vou seguir o teu conselho e visitar a tua exposição...
Beijinhos.
Feliz Dia de S. Valentim!

Caterina disse...

Cara Tulipa,
qualche volta leggo i tuoi post. Ti sento vicino.
Mia mamma é morta 2 anni fa. Aveva 88 anni. Da allora quasi ogni giorno penso a lei e molte volte la chiedo di dare una mano.
Saluti a abbracci:
Kati