22/11/08

Namastê

Durante 10 dias foi este gesto que me acompanhou diariamente; o cumprimento que todos fazem na Índia: Namastê.
Finalmente concretizei o sonho de visitar a Índia.
Tudo correu perfeitamente, desta vez não houve perda de bagagem, as malas seguiram sempre para o seu destino a tempo e horas. Estou satisfeita com o trabalho da Lufthansa, melhor é impossível. Aviões com espaço considerável, atendendo a outros que conheço e não são do meu agrado. Aterragens magníficas, como se pousassem num maço de algodão, nem sentíamos o toque no solo, enfim...quem sabe, sabe!!!





Para lá, de Munique para Delhi, cada lugar tinha nas costas da cadeira da frente um televisor que servia cada passageiro, daí que eu escolhi o que quis ver e aproveitei para ver 2 filmes, pois o tempo de viagem seria de 7 horas e estive mais de 3 horas entretida a ver os filmes que escolhi.
Ao meu lado, aquela que seria a minha companheira de quarto e de viagem por 10 dias, fomo-nos conhecendo desde a viagem de Munique para Delhi.
Tudo foi perfeito!
A India é muito mais que um país.
É na realidade um vasto continente onde a mescla de raças, as gentes, os idiomas, costumes e tradições provocam um magnetismo dificil de resistir.
São sem duvidas as suas gentes, a cor, o aroma, e a relação entre o passado e o presente que constitui um dos seus maiores encantos.
Ali espreitam palácios sumptuosos, cidades apinhadas de gente, templos maravilhosamente decorados, mesquitas deslumbrantes, lugares de peregrinação ao longo das águas sagradas do Ganges, trabalhadoras do Rajastão com saris de cores vivas exibindo largos sorrisos e o incenso envolvendo os fiéis em templos magnificos. A moeda da India é a Rupia. 1 € equivale a 59 Rupias.
Clima Tropical. Apanhei temperaturas entre 13-31ºC agora em Novembro.
Mais 5h30 em relação a Portugal Continental.


“Ou se adora ou se detesta” é o cliché habitual.
Eu, que lá estive, não consigo analisar deste modo tão sucinto; nem se adora nem se detesta. Aprende-se muito vivenciando o dia a dia, minuto a minuto, é um mundo diferente do nosso, mas...há um pouco da Índia em toda e qualquer parte do mundo.
Eu tive o privilégio de ver...Sim, está lá tudo bem à mostra. A poluição e as obras intermináveis (do Metro) do caos urbano de Delhi, a miséria, as pessoas largadas semi-nuas pelo chão, a sujidade, as vacas e o seu estrume, as crenças religiosas, os hábitos estranhos, as contínuas tentativas de impingir mais qualquer coisa.
É preciso uns dias para uma pessoa se ambientar à Índia. Apesar de já ter viajado por vários países que nos parecem muito “diferentes”, esses dias de ambientação são quase obrigatórios. Mais do que isso, esses dias são necessários para mudar de chip. Do chip Europeu para o Asiático. Do organizado para o desorganizado. Do limpo para o sujo. Do “preço fixo” para a negociação.
Foi a minha 1ª vez na Ásia, pisei um outro continente.

24 comentários:

AnaMar disse...

Essa viagem é também uma dos meus sonhos...

Ailime disse...

Apesar de todas as diferenças deve ter sido uma viagem excepcional.
Um país de contrastes em que a opulência dos seus monumentos contrasta com a miséria existente...
Mas como afirma, são sempre momentos, que acrescentam à nossa aprendizagem...
Bem-haja pela partilha.
Um beijo.

Å®t Øf £övë disse...

Tulipa,
Não há nada mais fascinante e cativante do que conhecer in loco novas culturas. Fico feliz por teres conseguido realizar um sonho da tua vida.
Bjs.

Maria Valadas disse...

Olá Tulipa,
Obrigada pela tua partilha da viagem que fizeste à India.

Conforme o decorrer da leitura,(imaginava) e ía visitando os mesmos lugares.

Aproveita linda Tulipa... e que o teu aroma se espalhe por mais continentes.

Bom Domingo.

Beijinhos

Zé Povinho disse...

Desta vez sem incidentes a assinalar. Dessa parte do mundo recordo-me bem dos cheiros, que foi o que mais me marcou, para além da filosofia de vida que me pareceu demasiado confusa para quem está enquadrado por um modo de vida Ocidental.
Abraço do Zé

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga Tulipa, agora compreendo a tua ausência... Deve ter sido uma viagem de sonho... Adorei o texto... Boa semana, beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

OUTONO disse...

Faz parte do álbum de viagens obrigatórias.

Gostei do teu poder de reportagem...

Beijinho deste viajante incurável.

Rafeiro Perfumado disse...

Deve ter sido maravilhos, é um destino que quero cumprir um dia. E a fundo, não apenas ver aqueles monumentos mais conhecidos.

Beijoca!

Daniel Aladiah disse...

Querida Tulipa
Confesso que a Índia não está nas minhas prioridades :)
Mas é um mundo onde vive quase um quarto da humanidade, por isso...
Um beijo
Daniel

Duarte disse...

Pelo ritmo da narrativa vejo que ficaste satisfeita com os bons resultados da viagem e isso é o que importa.
Tenho um amigo que fez uma viagem como tu à Índia e lá ficou.
Pessoalmente, certos aspectos da Índia vejo-os atraentes mas, de momento, outros fazem com que o fiel da balança se incline por outras latitudes.

Bem -vida, e assim de radiante.

Beijos

Mãe e filho disse...

muito bom. que bom k foste mudar de ares. aqui vivem muitos asiaticos, mas nem o facto de lidar com asiaticos, sinto curiosidade em conhece-la. nao é um país k me fascine, mas como tu dizes é um continente diferente do nosso. beijos e obrigada pelos comentarios.

gaivota disse...

andar pelas índias, também gostaría
de ir conhecer esse mundo fascinante, cheio de extremos, não é mesmo?
bem tinha estranhado a tua ausência, mas diz-me, aconselhas este destino em férias?
beijinhos

vida de vidro disse...

Um dos meus sonhos por realizar. Deve ser um enorme choque cultural mas há muito a aprender com a diferença. **

Verónica disse...

Obrigada por ter trazido até aqui um pouco da Índia que viu e apreciou.
Faz bem em agradecer a Deus ,já que tudo correu bem! Isso é bom e assim vale mesmo a pena!
Foi um prazer lê-la! Bem vinda a "casa" .
Beijinhos e tudo de bom

rosa dourada/ondina azul disse...

Gostei muito de ler a narrativa que fazes desta viagem :)

Ainda bem que desta vez, esteve tudo a gosto !

Beijinho,
e continua...

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Deve ter sido sem duvida uma viagem de sonho, na qual muito se aprende, muito de mau fica e muito de bom se tras!

e tu precisavas :)

Beijo meu ♥,

A Elite

elvira carvalho disse...

Que bom amiga que pôde realizare esse sonho. Especialmente numa altura em que me pareceu que o astral estava um pouco em baixo.
Assim recarregou baterias. E ficou mais feliz.
Um abraço e tudo de bom

ShiningMoon disse...

Olá!
Bem vinda de volta!
Obrigada pela descrição que fazes da Índia. Tinha mais ou menos essa ideia...
Vejo que gostaste e fico feliz por isso.
Pronta para a Europa???
Bjitos.

Baby disse...

Uma descrição perfeita do que foi para ti a Ìndia. Acredito que só quem lá vai consegue ter uma ideia real daquele mundo de contrastes e toda essa diversidade deve ser enriquecedora.
Fico feliz porque realizaste um sonho onde tudo correu bem!
Agora é preciso começar a sonhar de novo...

Abraço.

Baby disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Guardião disse...

A riqueza da diversidade também é para ser apreciada, mesmo que a estranheza nos assalte nos primeiros momentos.
Cumps

Paula Raposo disse...

É preciso é que estejas feliz com a tua viagem e o desbravar de uma outra cultura. Nunca fui à Ásia. Beijos.

looking4good disse...

Wow... Umas férias na Índia! Eu já estive na Ásia - em Macau, mas por motivos profissionais e não em férias :( - mas admito que a Índia deve ser fascinante, apesar da necessidade da tal mudança de chip. Até a cor captada pelas fotografias demonstra que o «quadro de referência» é outro. Espero que essa viagem tenha trazido um bom astral. Namastê...

Filoxera disse...

Que bom! Deve ter sido uma viagem e pêras!
Beijinhos.