26/06/09

Michael Joseph Jackson faleceu...

Michael Joseph Jackson faleceu a 25 de Junho de 2009.
Foi um músico, cantor, compositor, actor, publicitário, escritor, produtor, director, dançarino, instrumentista e empresário norte-americano.
Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos
Jackson 5; começou logo depois uma carreira solo em 1971, permanecendo como membro do grupo.
Apelidado nos anos seguintes de "King of Pop" ("Rei da música Popular"), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory: Past, Present and Future – Book I(1995).
Lançou-se em carreira solo no início da década de 1970, ainda pela Motown, gravadora responsável pelo sucesso do grupo formado por ele e os irmãos. Em idade adulta, gravou o álbum mais vendido da história, Thriller.
A popularidade de seus vídeos musicais transmitidos pela MTV, como "Beat It", "Billie Jean" e "Thriller" são creditados como a causa da transformação do vídeo musical em forma de promoção musical e também de ter tornado o então novo canal famoso. Foi o criador de um estilo totalmente novo de dança, utilizando especialmente os pés. Com suas performances no palco e clipes, Jackson popularizou uma série de complexas técnicas de dança, como o robot e o moonwalk. Seu estilo diferente e único de cantar, bem como a sonoridade de suas músicas influenciaram uma série de artistas nos ramos do hip hop, dance e R&B.
Jackson doou milhões de dólares durante toda sua carreira a causas beneficentes através da
Dangerous World Tour, compactos voltados à caridade e manutenção de 39 centros de caridades.

Em 1985, Michael Jackson se uniu a Lionel Richie e Quincy Jones na missão de arrecadar fundos para a campanha USA for Africa. A ideia era gravar uma canção cujos lucros seriam revertidos para reduzir os índices de mortalidade pela fome no continente africano. Lionel compôs, no piano, a melodia. Michael escreveu a letra em um único dia. O resultado eles chamaram de "We Are The World". Para gravar a canção, Quincy Jones convidou 44 celebridades da música e televisão, incluindo Cyndi Lauper, Diana Ross, Ray Charles e Stevie Wonder. O projecto arrecadou 200 milhões de dólares para a luta contra a fome na Etiópia.
Michael ganhou dois
Grammys por "We Are The World": "Canção do Ano" (com Lionel Richie) e "Gravação do Ano" (com Quincy Jones). A canção recebeu também outros dois prêmios na cerimónia.

Do seu álbum "ONE DAY IN YOUR LIFE" destaco a canção com o mesmo nome, acho-a linda. Ele mesmo admitiu quando a cantou que adorava baladas.

One day in your life

You'll remember a place

Someone touching your face

You'll come back and you'll look around you

One day in your life

You'll remember the love you found here

You'll remember me somehow

Though you don't need me now

I will stay in your heart

And when things fall apart

You'll remember one day...

One day in your life

When you find that you're always waiting for the love we used to share

Just call my name

And i'll be there

Descansa em Paz.

9 comentários:

Mário Margaride disse...

É assim a vida! Tudo é efémero, nada é eterno, mesmo as "estrelas", que julgam ser imortais...

Descanse em paz.

Beijinhos e um bom fim de semana!

Mário

Quase nos 50 disse...

Foi um artista completo e o lado humanista é que deve ser lembrado.
E o videoclip de Thriller ficará para sempre como um dos mais originais.
Era um menino que não cresceu e ficou no seu mundo de fantasia.
Que descanse em Paz agora que foi "chamado".
Bela homenagem

Ailime disse...

Também me tocou bastante o falecimento deste cantor, que apesar de controverso, era um ser humano merecedor da nossa simpatia e que deixa uma obra marcada pelo seu enorme talento.
Que Deus o tenha na sua eterna Glória!
Um beijinho.

Baby disse...

Foi grande e ficará para sempre na memória como um ser genial.

Que tenha encontrado a verdadeira paz.

Beijinhos.

Filoxera disse...

Que descnase em paz.
beijos.

gaivota disse...

thriller sempre em dia e presente
RIP e ficará a imagem de quem foi diferente...
beijinhos

looking4good disse...

Um daqueles que desaparecem e não deixam ninguém indiferente. Uma boa semana com flores, sorrisos e ...poesia.

OUTONO disse...

"Just call my name

And i'll be there"

Está tudo dito!

Beijinho

Dylan disse...

Uma criança num corpo de um adulto. Era assim Michael Jackson. A sua candura contrastava com a atitude arrebatadora que exibia em palco, uma espécie de predestinado com um talento invulgar e que enfeitiçava todas as gerações. A educação rígida traçou-lhe o futuro mas sonegou-lhe a infância, enquanto o seu direito de viver recatado era ameaçado à medida que os holofotes da fama acompanhavam o seu crescimento. Pulverizou recordes de vendas mas também era o primeiro a dizer presente às causas humanitárias onde terá doado milhões de dólares. A sua timidez, e porque não dizer a sua extravagância, originavam todos os tipos de rumores, nunca provados.
Goste-se ou não do estilo, revolucionou o mundo do entretenimento artístico e musical impulsionando de vez o respeito e o reconhecimento pela cultura negra.

http://dylans.blogs.sapo.pt/