23/02/10

UMA FOTO / OSHO / ESTA SEMANA


O RIO E O OCEANO
Diz-se que,
mesmo antes de um rio cair no oceano
ele treme de medo.
Olha para trás,
para toda a jornada,
os cumes, as montanhas,
o longo caminho sinuoso
através das florestas, através dos povoados,
e vê à sua frente
um oceano tão vasto
que entrar nele nada mais é
do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano
é que o medo desaparece.
Porque, apenas então,
o rio saberá que não se trata
de desaparecer no oceano.
Mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento
e por outro lado é renascimento.

(Osho)
Mais uma foto minha, juntamente com as palavras de Osho, esta semana.
Em forma de agradecimento a todos que me visitam e que já ultrapassou 18.000 visitantes. Muito obrigado. Sejam todos bem-vindos.

7 comentários:

direitinho disse...

Gostei do teu trabalho.
Por um lado é desaparecimento
Por outro.....é renascimento
O medo desaparece.........

Duarte disse...

Tudo é beleza,
desde a imagem
ao sentido da palavra,
apropriado...
largo o caminho,
e sinuoso,
para um banho assim...
no oceano...
oh rio!

Beijinhos

Sofá Amarelo disse...

Na vida há sempre um ponto de encontro, uma confluência de emoções... tal como quando um rio se encontra com o oceano...

Ana disse...

"Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente"

Palavras sábias, amiga.
Um excelente texto e uma excelente fotografia! Onde?
Um beijinho com amizade.

O Guardião disse...

A vida ensina-nos que o passado é passado e que é preciso seguir em frente, melhorando com a experiência adquirida.

Cumps

gaivota disse...

linda foto...........
de repente pensei poder sera foz do lizandro... e mais um ensinamento de osho
bom fim de semana
beijinhos

Pena disse...

Oh, Linda Amiga:
Um poema delicioso e fabulosos sobre os rios e oceanos.
De maravilhar.
Registo pela ternura de cativar numa beleza poética enorme:
"...Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano
é que o medo desaparece.
Porque, apenas então,
o rio saberá que não se trata
de desaparecer no oceano.
Mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento
e por outro lado é renascimento..."

Doçura. Talento e magia.
Parabéns. Adorei.
Beijinhos amigos.
Sempre a respeitá-la e a admirá-la.

pena

Bem-Haja, talentosa amiga.
É extraordinária.