25/03/11

MARÇO 2005 - 6 ANOS DE BLOGOSFERA



MARÇO
para mim, MARÇO é um mês que significa muito na minha vida; tantas coisas têm acontecido nos MARÇOS da minha existência.

Hoje estou numa de recordações. Houve tempos em que queria esquecer a fase final do meu KALINKA, mas agora já aceito, porque eu mudei e fui à procura de uma nova vida.
SIM, com a ajuda daquela pessoa que tudo fez para que eu tivesse um blogue, a minha sobrinha TÂNIA, que partiu deste Mundo, há quase 2 anos - vai fazer domingo - dia 27 que a princesa nos deixou. Era um SER ESPECIAL e DEUS quer junto d'Ele todos os seres especiais.
Daí que eu esteja numa fase de introspecção neste fim de semana, pois a TÂNIA faz-me muita falta, mesmo muita.
Com ela partilhava tudo!
Estou aqui a recordar o início do blog "KALINKA"
20 de Março de 2005 – Início de uma nova vida!
Gosto da escrita... tenho algo que me leva a escrever e, por vezes surpreendo-me com aquilo que escrevo, sai melhor do que eu pensava e há quem leia e diga que tenho queda para a escrita, talvez por isso, a vontade de publicar apenas 1 livro, sim, pois já tenho algumas partes escritas para esse livro tão idealizado e desejado.
Mas, também me deparo com outra questão: "Que fazer, quando o que temos necessidade de escrever magoa os que nos são mais próximos?
Penso em várias respostas: não publicar, mesmo que seja o que mais verdadeiro temos para escrever. Durante o nosso percurso, muitas vezes magoamos os que nos estão próximos e, ao magoá-los, atingimo-nos também a nós próprios. Ora, se já tantas vezes a nossa própria escrita, e o processo de escrever, nos fere, para quê torná-la ainda mais perigosa e com espinhos ?
Se os que nos amam, tantas vezes proclamam, babados, aos outros aquilo que escrevemos, para quê transformar a razão do seu orgulho em inesperadas e dolorosas revelações? Não tentamos nós a todo o custo proteger os que nos estão próximos?
Daí a minha dúvida tantas vezes em exprimir o que sinto, pois este blog procura ser um local de descontracção e, não, um local para crispações.
Não gosto é de ser cínica, e esconder as minhas opiniões mesmo que sinceras e acutilantes, para desse modo agradar a gregos e troianos parecendo simpática aos olhos de todos.
Se aqui estou devo-o à minha sobrinha, que me ajudou a criar este blog... não imagino com que frequência virei cá escrever, mas...estou feliz por poder ter algo meu onde posso conviver, partilhar e apenas «estar»...!!!

Lógico, que o 1º comentário foi da minha sobrinha TÂNIA:
snowshoe disse...
Olá tia!!! Então, contente com o blog? Espero que sim! Espero que blogue bastante sem pensar muito nos "outros"... Eu também já fui criticada muitas vezes pelo que escrevo... Mas um blog é mesmo para escrevermos o que sentimos e pensamos... Cada um é como é! Boa Sorte para o blog! Desejo tudo de bom!!

AMO-TE TÂNIA!

26 comentários:

tulipa disse...

Este post é para comemorar os 30.000 VISITANTES.

Pelo menos aqui no Sitemeter diz que hoje já vai em 30,037 visitors.

Uma continuação do Kalinka; ainda hoje há quem se lembre de mim como kalinka e quem me chame carinhosamente "kalinka".

Hoje recordo a Madrinha do kalinka, a minha sobrinha Tânia.

Pelos caminhos da vida. disse...

Parabéns amiga por essa conquista, com certeza Tânia está num ótimo lugar.

Um gdeeeeeeee abraço.

beijooo.

Pena disse...

Oh, Estimada Amiga:
Solidarizo-me com comoção com a sua dor.
Sensibilizado...
Bonito Post.
Abraço amigo de respeito profundo.
Sempre a admirá-la

pena

Ailime disse...

Túlipa,
Em primeiro lugar quero pedir-lhe desculpa por não ser tão assídua nos seus dois blogs deveras interessantes, porque ando muito cansada e tenho muito pouco tempo disponível.
Prometo estar mais atenta.
Vá em frente com os seus projectos e o que os outros pensam relativize.
Venho aqui agradecer-lhe a sua generosa visita ao meu cantinho e também dar-lhe um beijinho de conforto, porque não há nada que substitua a partida daqueles que amamos. Que a Tânia esteja na Glória do Senhor.
Um abraço.
Ailime

Justine disse...

Um abraço apertado para ti!

mfc disse...

Olá
Já somos velhos amigos!Mas somos novinhos na alegria renovada de nos visitarmos.
Gosto de cá vir, de saber de ti, de deixar um sorriso.
Sinto o mesmo quando lá vais...
Tchim...tchim... e tudo de bom!
Ahhh e um grande grande beijinho!|

Duarte disse...

Que sigam acontecendo coisas destacáveis nestas datas, e sempre. Que sejam boas para ti.
Beijinhos

Zé Povinho disse...

Um aniversário é sempre para festejar, desejando que se repitam muitos mais.
Abraço do Zé

Sofá Amarelo disse...

PARABÉNS! Foi um novo mundo que se abriu com os blogs, mais do que com o Facebook porque um blog dá trabalho a manter.

Muitos beijinhos e muitos anos de blogs!!!

Lilá(s) disse...

A Tânia estará sempre aqui presente e no coração da tia. Parabéns pelo blogue e um abraço bem apertado

São disse...

Parabéns pelo blogue, que tenha muitos anos de vida.

Que a Tânia esteja em paz!

Bom fim de semana

Filoxera disse...

Parabéns, Tulipa!
E um abraço forte...
Beijinhos.

Fa menor disse...

Há sempre uma lembrança boa e uma lágrima num canto do coração...

Luís Coelho disse...

Se alguma coisa a tua menina deseja certamente será ver-te feliz e sempre com capacidade de transformar tudo em acontecimentos bons.

É preciso lutar contra aquilo que nos derruba e nos deixa presos numa saudade que não podemos controlar.

Beijinhos e que estas lembranças sejam uma maneira de viver ainda melhor com mais alegria e simpatia.

tulipa disse...

Ontem, ao ler a notícia sobre o funeral da actriz Elizabeth Taylor, fiquei sabendo que:
A cerimónia começou com a leitura de um poema pelo actor Colin Farrell e acabando com um neto de Taylor a tocar trompete a música “Amazing Grace”.

Lembrei-me logo que no dia do funeral da Tânia eu também quis cantar-lhe uma canção, depois todos poderiam acompanhar-me se o quisessem; como a minha irmã não estava capaz de nada, falei com uma amiga da Tânia e da m/irmã e pedi-lhe que fizesse o favor de pedir autorização à minha irmã...
Infelizmente escolhi a pessoa errada que nada colaborou comigo e fiquei sem fazer aquilo que tanto queria.
HOJE, faço essa homenagem à TÂNIA.
Segue a música que eu queria cantar.

tulipa disse...

Adivinha O Quanto Gosto De Ti
Andre Sardet

Já pensei dar-te uma flor, com um bilhete, mas nem sei o que escrever.
Sinto as pernas a tremer, quando sorris pra mim, quando deixo de te ver.
Vem jogar comigo um jogo, eu por ti e tu por mim.
Fecha os olhos e adivinha, quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)
Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

Ando a ver se me decido, como te vou dizer, como hei-de te contar.
Até já fiz um avião, com um papel azul, mas voou da minha mão.
Vem jogar comigo um jogo, eu por ti e tu por mim.
Fecha os olhos e adivinha, quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)
Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

Quantas vezes eu parei à tua porta.
Quantas vezes nem olhaste para mim.
Quantas vezes eu pedi que adivinhasses.
Quanto é que eu gosto de ti.

(Refrão)
Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.

tulipa disse...

O HOMEM E A MORTE

O homem é um animal que enterra seus mortos
ambiguamente.
Os animais deixam seus pares apodrecerem
à calcinada luz do Sol e elaboram à luz da Lua o luto de suas plumas e pêlos.

Os homens, não.
Ambiguamente
enterram os ossos alheios na medula de seus sonhos.
Por isso são sepulcros deambulantes
com sempre-vivas nos olhos exalando suspiros exalando remorsos

in Poesia Brasileira do Século XX Dos Modernistas à Actualidade
Selecção, introdução e notas de Jorge Henrique Bastos, Edições Antígona

Affonso Romano de Sant'Anna (nasceu em Belo Horizonte a 27 de Março de 1937)

Amaral disse...

Snowshoe!...
Como é bom lembrar a Snowshoe!...
Senti-la presente, por aquilo que fazia, por aquilo que respondia, por quanto fazia sorrir!...
Snowshoe!...
Onde quer que estejas, canta e ri!
E olha por nós, também!...

O Guardião disse...

O aniversário do blogue merece ser recordado, e as memórias de quem nos é querido também.
Cumps

xistosa - (josé torres) disse...

Chegamos... andamos... partimos.
Uns são notados, cativam, partem e deixam saudades.
Pelas "leis" (não sei quem as fez) deveríamos partir mais tarde.
Não me venham dizer que há um ser... um ser que nos...
Bem, o que cada um guarda é um pouco de quem partiu.
Assim, parte-se mais devagar.
Já agora os parabéns pela efeméride, (30.000 visitantes).
Que a força continue para outros trinta mil.

Cumprimentos e uma boa semana.

Ser humano disse...

ola prima, gostei muito de ver a homenagem que fazes a prima Ela faz muita falta para todos nos, mas eu acredito que ela esta num lugar melhor.
Tambem te dou os parabens nao so pelo kalinka, mas tambem por este teu mundo dos blogues. E sempre bom ter onde nos expressarmos, e nao devemos so escrever a pensar se vai alguem ver ou nao. Continua sempre com as tuas escritas, mesmo que nem sempre eu comente eu sempre te leio e admiro o que escreves. bjs

p.s.- gostei da musica que dedicaste a Tania.

mfc disse...

Uma grande e linda homenagem... ali no post acima!
Beijinhos!

Nilson Barcelli disse...

Parabéns pelo aniversário.
Beijinhos, querida amiga.

rosa-branca disse...

Olá querida tulipa, saudade palavra danada que massacra a alma da gente...Deixo beijos e o meu carinho sempre...

Ana disse...

Uma homenagem bonita que a Tânia merece ! E digo merece, porque continuamos vivos enquanto alguém se lembrar de nós ! A forma como a recordas emociona-me!
Parabéns para ti pelo aniversário do blog ! Continua e escreve sempre o que sentes !
Um beijinho com amizade *

Fatima disse...

Parabéns pelo blog

Que siga a música, que a Tânia está a escutar-nos

Abraço