19/10/09

A CRUZ NA ESTRADA (Poesia)

Hoje vou dar início a uma nova série de posts, onde vou conjugar uma POESIA com fotos minhas. Tenho centenas de fotos captadas só este ano de 2009, como não sei onde as introduzir e como gosto muito de poesia, procurarei um poema com uma palavra que existe na minha imagem.
Espero que apreciem esta minha ideia.



A Cruz na Estrada
Caminheiro que passas pela estrada,
Seguindo pelo rumo do sertão,
Quando vires a cruz abandonada,
Deixa-a em paz dormir na solidão.
Que vale o ramo do alecrim cheiroso
Que lhe atiras nos braços ao passar?
Vais espantar o bando buliçoso
Das borboletas, que lá vão pousar.
É de um escravo humilde sepultura,
Foi-lhe a vida o velar de insônia atroz.
Deixa-o dormir no leito de verdura,
Que o Senhor dentre as selvas lhe compôs.
Não precisa de ti. O gaturamo
Geme, por ele, à tarde, no sertão.
E a juriti, do taquaral no ramo,
Povoa, soluçando, a solidão.
Dentre os braços da cruz, a parasita,
Num braço de flores, se prendeu.
Chora orvalhos a grama, que palpita;
Lhe acende o vaga-lume o facho seu.
Quando, à noite, o silêncio habita as matas,
A sepultura fala a sós com Deus.
Prende-se a voz na boca das cascatas,
E as asas de ouro aos astros lá nos céus.
Caminheiro! do escravo desgraçado
O sono agora mesmo começou!
Não lhe toques no leito de noivado,
Há pouco a liberdade o desposou.
(Castro Alves)

19 comentários:

Paula Raposo disse...

Acho uma óptima ideia.
Um post muito bonito! Beijos.

Baby disse...

Gostei da ideia, o poema é excelente e a fotografia a condizer.
Parabéns pelas escolhas.
Beijos.

gaivota disse...

excelente ideia! a foto é muito bonita e gostei do poema também
beijinhos

Ana S. disse...

Boa ideia!
uma imagem pode dar asas a muita coisa.
Gostei
Beijos

OUTONO disse...

Imagem e poesia...formamm um bonito par dialogante. Parabéns!

Beijinho

Osvaldo disse...

Excelente,... asssim alias duas grandes capacidades artisticas que tens; a literária, que a fazes maravilhasamente bem porque tens muita sensibilidade no que escreves e na fotografia onde ninguém tem nada a te ensinar, tão bem fotografas e as tuas fotos são sempre de lugares poéticos como esta que encabeça o post.

Parabéns, Tulipa.
bjs,
Osvaldo

Pena disse...

Doce e Linda Amiga:
Numa imagem fabulosa, o encanto de um poema admirável. Genial.
Adorei a sua ideia.
Que beleza e ternura que coloca no que faz com delícia.
Parabéns sinceros.
Beijinhos de amizade pura.
Com respeito, estima e consideração pela pessoa terna e sensível ao Mundo composto por pessoas de bem.

pena

Excelente!
Bem-Haja, pura amiga linda.
Deve ser um Ser Humano fabuloso.

rendadebilros disse...

Gostei muito da ideia. Tens ido à minha www.maniadasfotos.blogspot.com Eu senti essa mesma necessidade - de postar as fotos e tenho um blogue - acho que ainda te lembras - só de fotos...
Beijos.

Parisiense disse...

Excelente ideia.
Linda foto e excelente poema.
Gostei.
Desculpa não vir aqui como gostaria mas tenho andado adoentada.
Em breve isto passará.

Beijokitas

rosa dourada/ondina azul disse...

Gosto da tua idéia!

Temos belas fotos e
bons poemas!


Beijinho,

Chris disse...

Gostei a ideia entre a palavra e a imagem... parabéns!
Bjs
Chris

Rosa Carioca disse...

Achei muito interessante e adorei a escolha do grande poeta Castro Alves. Bem haja.

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Acho bem boa a ideia.

Pode dispor dos meus poemas.

E se colocar algum, por favor,
diga-me.

Bjs

looking4good disse...

Castro Alves um grande poeta. E onde fica essa cruz ? Ao fundo nota-se a côr de tijolo como se a côr do monumento se transportasse para o horizonte. Belo efeito...

Muitos sorrisos, flores e ...poesia!

peciscas disse...

Como já outros disseram, a tua ideia é boa.
E este exemplo mostra que , para além da qualidade das tuas imagens, sabes escolher poesia. O Castro Alves é um doa maiores da língua portuguesa e adapta-se excelentemente à tua foto.

elvira carvalho disse...

Muito bonito o poema. E a conjugação de poema imagem é uma boa ideia.
Um abraço e bom Domingo.

gaivota disse...

querida tulipa, nas tuas orações, pede a Deus pela paz do joão!
beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Gosto muito da base na sombra e o resto iluminado, foto excelente!

Beijoca!

Carlos Albuquerque disse...

Não sei se sou, ou não, especialista em adivinhar os seus desafios, como deixou escrito em comentário no meu blog, que agradeço.
Chego a este post e também me ponho a pensar...
Minha amiga, o que aqui vejo é um "desafio-provocação" - tragam-me poemas vossos que logo lhes aconchegarei uma foto. Se disto se trata diga, pois responder-lhe-ei ao desafio.
Beijinhos