26/10/09

FARÓIS (poesia)

Tenho um fascínio por FARÓIS...não sei se é por ter nascido numa maravilhosa cidade à beira-mar e tinha um belo farol...
Encontrei esta imagem na net e fiquei fascinada, daí que a publique juntamente com uma linda poesia sobre faróis.
No entanto prometo que em breve vos mostrarei todas as minhas fotos de faróis, só se não puder é que não os capto para meu grande prazer.


Faróis

Faróis distantes,
De luz subitamente tão acesa,
De noite e ausência tão rapidamente volvida,
Na noite, no convés, que conseqüências aflitas!
Mágoa última dos despedidos,
Ficção de pensar ...
Faróis distantes...
Incerteza da vida...
Voltou crescendo a luz acesa avançadamente,
No acaso do olhar perdido...
Faróis distantes...
A vida de nada serve...
Pensar na vida de nada serve...
Pensar de pensar na vida de nada serve...
Vamos para longe e a luz que vem grande vem menos grande.
Faróis distantes ...

14 comentários:

Baby disse...

A foto é linda mesmo, e o poema é de Álvaro de Campos, dispensda comentários...

Um beijo.

Paula Raposo disse...

Gosto muito de faróis. A foto está linda! Beijos.

Sight Xperience disse...

O poema é fabuloso. A escolha suprema, para acompanhar uma fabulosa foto ou fotocomposição.

Eu subscrevo a panca dos farois!
Ainda à cerca de 4 dias estive em Leça a fotografar o belo farol de Leça da Palmeira-MAtosinhos.

Bjs

gaivota disse...

também gosto muito de faróis, a foto está muito bonita e acompanha um poema que dispensa qualquer elogio...
beijinhos

gaivota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
peciscas disse...

Também gosto muito da imponência, altivez e solidão orgulhosa dos faróis.
Espero, então, pelas tuas fotos sobre o tema.

O Guardião disse...

Que a luz continue a iluminar os objectos fotografados com gosto e muita beleza.
Cumps

Ana disse...

Uma bela escolha de poema e foto!

"Pensar na vida de nada serve... "

Um beijo, amiga.

tulipa disse...

Cheguei agora ao meu blog e reparei no sitemeter que marca 15,000 visitas.

Que fixe!!!

Agradeço a TODOS que têm contribuído para o marcador chegar a este BELO NÚMERO.

Desde 4-Abril-2008
até dia 28-Outubro-2009
são:
18 meses e qualquer coisa.
Ou seja, num período de ano e meio fui visitada por 15,000 pessoas.
FABULOSO.

Beijos e abraços.

Sofá Amarelo disse...

Os faróis seduzem-me pelo seu mistério...

Pena disse...

Admirável Poetiza Amiga:
Um sensível e fabuloso poema bem a seu geito, amiga linda.
Pleno. Intenso. Perfeito.
Deve ser uma gigante Ser Humano.
Parabéns sinceros.
Agradeço a sua visita fabulosa que gostei muito.
Beijinhos de um respeito, admiração e pasmo.
Sempre a nutrir por si uma amizade que prezo imenso.

pena

Bem-Haja, enorme poetiza amiga.
Adorei.
MUITO OBRIGADO pela sua amabilidade.

Rosa dos Ventos disse...

Também gosto de faróis e olha que nasci em terra bem seca! :-))

Abraço

Zé Povinho disse...

Bonita foto para ilustrar Álvaro de Campos.
Abraço fanhoso e espirrento do Zé

Marcus Pereira disse...

Indico o Livro "Luzes do Novo Mundo" - Hist Farois Brasileiros - Siqueira, Ricardo.