18/05/08

Até que...depois

Apagar-me
diluir-me
desmanchar-me
até que depois
de mim
de nós
de tudo
não reste mais
que o charme.

Uma pálpebra,
Mais uma, mais outras,
Enfim, dezenas
De pálpebras sobre pálpebras
Tentando fazer
Das minhas trevas
Alguma coisa a mais
Que lágrimas

13 comentários:

Angel of Light disse...

Querida Tulipa!

Compreendo e aceito que não queiras falar de luz. Respeito todas as tuas escolhas. Só pensei que te pudesse fazer bem... Desculpa. Pensei que, talvez, pudesses ver que PODES realmente acender a luz que existe dentro de ti. Tu tens essa luz só que está apagada. E SÓ TU A PODES ACENDER. COMO? QUERENDO. Eu bem posso trazer a minha luz até ti, mas se não estiveres disposta a acende-la, não posso fazer mais nada. Percebes?

Acho que não devemos nunca esperar nada dos outros. Nós não dependemos de ninguém. Somos seres que resolvemos vir viver uma aventura humana na 3ª dimensão para evoluirmos. Não fiques à espera dos comentários dos teus posts. Nós nunca devemos esperar nada de ninguém! Não são eles (os comentários)que te vão tirar do sofrimento onde te encontras. SÓ TU PODES SAIR DELE, se quiseres. Não estás aqui para agradar ninguém. Só te tens de agradar a ti própria. Os teus posts são lindos e tu sabes disso. Por isso, se ninguém comentar, nunca os apagues. Nunca te arrependas do que fazes. Não importa se temos 0, 100 ou 1000 comentários. Importa sim que escrevas o que te vai na alma, que desabafes, que chores, que rias, que vivas... Importa sim que te oiças a ti própria, que oiças o teu lindo coração, que procures as respostas dentro de ti... procura a luz que está apagada...

Começa por tentar perceber porque é que estás a passar por tudo isso e vais ver que alguma coisa há de surgir, hás-de chegar a alguma conclusão. Mas só tu podes fazer isso. Mais ninguém.

Tudo o que te acontece não é por acaso. Por mais estranho que te possa parecer, ou até absurdo, foste tu que "planeaste" passar por aquilo que estás a passar, antes de encarnares. Podes-me chamar de maluca, que não faz mal. Mas tudo o que nos acontece tem uma razão de ser, tem uma lição para absorvermos. São oportunidades de aprendizagem. São elas que te vão fazer crescer como ser de luz que és.

Desculpa a minha franqueza, mas é o que penso. Podes até apagar este meu comentário, se de alguma forma te magoei. Mas não é esse o meu propósito. Só gostava é que reagisses. E pensa: SÓ TU PODES DECIDIR SE QUERES SAIR DA SOMBRA!!!

Deixo uma enorme LUZ!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

papagueno disse...

Só para deixar um beijo. ;)

Angel of Light disse...

Vim deixar um beijinho cheio de Amor, Paz e Luz!

Maria disse...

Vamos animar, Tulipa.
Amanhã é outro dia e pode ser que o sol brilhe ainda mais...

Um beijo

Maria Clarinda disse...

Tulipa....tenho passado , ensaiado escrver-te, mas depois apago e saio...gostava de te poder dizer coisas lindas, mas, sei que quando estamos como tu est�s n�o conseguimos ouvir.
Por isso Amiga pensa que tudo passa, custa , custa muito, mas o momento presente j� � passado, e, assim o acumular de passagem de tempo te ir� mostrar os tais caminhos para te sentires novamente com For�a! Eu, estou a teu lado...se precisares tens o meu mail no blog � s� escreveres.Eu ...te garanto que estou aqui.
Jinhos

O Guardião disse...

A metereologia tem sido adversa, a vida piora quase todos os dias, mas nós estamos por cá. Não podemos deixar que a vida se ria de nós, vamos é tentar extrair dela tudo o que nos possa fazer rir.
Força amiga.
Cumps

Angel of Light disse...

Sobrevoei pelo teu jardim e larguei uma luz de Amor...

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Ana disse...

Até que... depois das tuas trevas, nasça a luz.
Um abraço, amiga.

Alexandre disse...

Sinto um desespero neste poema, nestas palavras, neste sentir... espero que este sentimento não seja mais que um trampolim...

Muitos beijinhos, Tulipa!!!

© Piedade Araújo Sol disse...

o poema está bem elaborado.

denota uma certa tristeza.

beij

rosa dourada/ondina azul disse...

Passei para te deixar um beijinho e saborear uma fatia da tarte de mirtilos que está deliciosa :)



Um bom fim de tarde, te desejo :)
e deixo um beijinho,

© efeneto disse...

Estive ausente mas sempre presente. Para compensar, aqui deixo a razão.
***
Comigo?
Pois não? Pois sim? Depende?
Com quem deseja o amigo falar?
Comigo? Depende de qual comigo você se refere, amigo?
Se fala, amigo, de um comigo, antigo, sinto muito, mas lhe digo que este comigo já não vive mais cá.
Aqui só vive um novo comigo, amigo.
Se do novo se trata, fale depressa, antes que o novo velho se faça e também abandone o lugar.
***
Votos de um fim-de-semana como já sabe…
Saúde, paz e amizade…
Comigo!!??...

Filoxera disse...

A vida dá voltas e mais voltas, Tulipa.
Sei o que significam estas palavras. Sei o que é atravessar um deserto.
Mas, garanto, já vi muitas situações de desespero conhecerm um volte-face surpreendente.
Se puder, passe no Escrito a Quente. O meu post mais recente é um apelo.
Beijinhos amigos.